F2

Em corrida marcada por erros na chuva, Russell evita problemas e vence de ponta a ponta na França. Sette Câmara é 2º

A primeira corrida do fim de semana da F2 em Paul Ricard, no regresso à França, teve muitas mudanças de posições, azares e alguns abandonos. Lando Norris, ainda líder do campeonato, sequer conseguiu largar. George Russell e Sérgio Sette Câmara, vencedor e vice, agradecem e se aproximam na tabela de classificação do campeonato
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
 Sérgio Sette Câmara em Paul Ricard (Foto: FIA F2)

A primeira etapa da F2 em Paul Ricard, na tarde deste sábado (23), forçou muitos erros e problemas pelo pelotão. O líder do campeonato não largou, assim como o vice-líder, o terceiro colocado ficou preso nos boxes e as escapadas da pista foram múltiplas. No fim das contas, valeu a compostura de quem largou na pole-position e precisava apenas controlar a corrida. De ponta a ponta, George Russell venceu pela terceira vez na temporada.
 
O piloto inglês da ART e pupilo da Mercedes andou bem e precisou evitar uma pequena ameaça de Sérgio Sette Câmara após a parada nos boxes, algo leve e que Russell levou bem. Ele entra na briga pela liderança.
 
Sette Câmara também teve uma corrida digna de nota. Quarto no grid, recebeu o terceiro lugar quando o carro Carlin de Lando Norris ficou parado após a luz verde. Na primeira curva, tomou a posição de Alexander Albon e passou e caminhar com segurança. Na chuva, não errou e até chegou a imaginar que dava para encostar em Russell na segunda metade da corrida. Aproximou-se, mas não incomodou tanto, apesar de ser mais rápido no trecho final da corrida. 
 
É um importante retorno ao campeonato após uma etapa de Mônaco em que parou por conta de uma lesão no pulso - da qual foi liberado apenas no começo da semana. O objetivo era voltar ao top-3 do campeonato? Então agora está bem perto.
 
Roberto Merhi foi muito bem. Largou no 13º lugar e, apesar de uma escapada da pista em meio à confusão da chuva, seguiu ganhado posições. Em terceiro, completou o pódio. 
O pódio da F2 em Paul Ricard (Foto: FIA F2)

Luca Ghiotto, Nyck de Vries, Antoniou Fuoco, Louis Delétraz, Nicholas Latifi, Tadasuke Makino e Nirei Fukuzumi marcaram pontos. O antes vice-líder do campeonato, Artem Markelov, também ficou parado na largada e terminou longe dos pontos. Jack Aiken, que era o terceiro, foi somente 12º na prova. 

Confira como foi a corrida:

Com a chuva chegando ao circuito de Paul Ricard na hora da largada, George Russell conseguiu partir bem e não participou da alta rotatividade logo atrás dele. Lando Norris, terceiro colocado, ficou parado no grid. Sérgio Sette Câmara ganhou automaticamente a terceira colocação e, logo na primeira curva, mergulhou para cima de Alexander Albon e virou segundo.
 
Com a chuva se fazendo rapidamente sentida, algo que não era esperado instantes antes, Nicholas Latifi passou direto e foi à brita, enquanto Luca Ghiotto rodou quando ocupava o quarto posto. Artem Markelov foi outro que nem conseguiu largar junto do pelotão e tentava voltar para a corrida. 
 
Na problemática corrida que se desenhava, Roberto Merhi ultrapassou Antonio Fuoco pelo sétimo lugar, mas errou e saiu da pista na sequência. Jack Aitken foi outro que aumentou o ritmo e errou. Nyck de Vries também andava relativamente bem, mas começou a sair da pista e ter sérios problemas no carro. Louis Delétraz foi outro que escapou da pista, assim como Latifi mais algumas vezes.
Sérgio Sette Câmara em Paul Ricard (Foto: FIA F2)
Num dia de muitos erros e quando Russell abria na frente, Tadasuke Makino ia bem. O japonês, que largou no 16º posto, foi crescendo na prova e chegou ao sexto posto. 
 
Na virada da primeira dezena de voltas, os pilotos começaram a parar nos boxes para troca de pneus. Raplh Boscung e Sean Gelael chegaram ao limites de seus carros e tiveram que encostar ao longo da pista.
 
Norris, embora rápido depois do pit-stop, se via apenas na 17ª colocação. Lá na frente, os ponteiros foram evitando parar. Sette Câmara entrou no fim da 17ª volta e regressou 30s atrás de Russell, que entrou na volta imediatamente seguinte. Após a ART trabalhar bem, o brasileiro ficou cerca de 2s5 atrás.
 
Nos boxes, a movimentação foi importante. Albon teve problemas e, de uma briga pelo pódio, abandonou - até voltou para a pista minutos depois, mas parou de vez depois uma volta. De Vries, que andava errático e extremamente lento antes de parar, ganhou velocidade com o fim da chuva. Ele e Nirei Fukuzumi, terceiro e quarto na 20ª de 30 voltas, eram os únicos sem parar. Atrás deles, Merhi vislumbrava um pódio. 
George Russell em Paul Ricard (Foto: FIA F2)
Quando parou, Fukuzumi voltou em oitavo; De Vries, em sétimo. Nyck, no entanto, tinha bom ritmo e ainda foi para cima e ultrapassou Delétraz. Fukuzumi caiu para Latifi e Makino, terminando em décimo. 
 
Sette Câmara se aproximou de Russell. Chegou a errar na polêmica chicane artificial, mas mesmo assim encostou no rival ao fim. Não atacou, mas confirmou o belo retorno. A vitória ficou mesmo com Russell e Merhi foi ao pódio.

F2, França, Paul Ricard, Corrida 1, Classificação Final:

1 GEORGE RUSSELL ING ART 58:28.750 30 voltas
2 SÉRGIO SETTE CÂMARA BRA CARLIN +1.108  
3 ROBERTO MERHI ESP MP +33.072  
4 LUCA GHIOTTO ESP CAMPOS +37.879  
5 ANTONIO FUOCO ITA CHAROUZ +43.655  
6 NYCK DE VRIES HOL PREMA +45.680  
7 LOUIS DELÉTRAZ SUI CHAROUZ +53.226  
8 NICHOLAS LATIFI CAN DAMS +1:16.951  
9 TADASUKE MAKINO JAP RUSSIAN TIME +1:17.343  
10 NIREI FUKUZUMI JAP ARDEN +1:20.384  
11 ARJUN MAINI IND TRIDENT +1:30.605  
12 JACK AITKEN ING ART +1:32.469  
13 MAXIMILIAN GÜNTHER ALE ARDEN +1:37.662  
14 SANTINO FERRUCCI EUA TRIDENT +1 volta  
15 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME +1 volta  
16 ROY NISSANY ISR CAMPOS +1 volta  
17 LANDO NORRIS ING CARLIN +1 volta  
18 ALEXANDER ALBON TAI DAMS +12 voltas  
19 RALPH BOSCHUNG SUI MP    
20 SEAN GELAEL INA PREMA