Endurance

Fora da F1, Sirotkin assegura vaga no Mundial de Endurance pela SMP e já fala em vitória em Le Mans

Sergey Sirotkin, demitido pela Williams e sem espaço na F1 em 2019, encontrou espaço no Mundial de Endurance. O russo toma a vaga de Matevos Isaakyan e completa o trio do carro #17 na LMP1, apontado como candidato à vitória nas 24 Horas de Le Mans
Warm Up / Redação GP, de Berlim
Sergey Sirotkin, fora da Fórmula 1 ao perder vaga na Williams, já tem um novo desafio para 2019. O piloto russo foi confirmado na manhã desta terça-feira (29) como novo piloto da SMP para a reta final da temporada 2018/19 do Mundial de Endurance.
 
Sirotkin toma a vaga de Matevos Isaakyan no carro #17, completando o trio que também conta com Stéphane Sarrazin e Egor Orudzhev. O grupo tem pela frente três corridas – 1000 Milhas de Sebring, 6 Horas de Spa e 24 Horas de Le Mans.
Sergey Sirotkin está de partida para o Mundial de Endurance (Foto: AFP)
“Fico muito feliz por ter a honra de defender as cores da bandeira russa no nosso protótipo russo, fazendo parte da SMP no Mundial de Endurance”, disse Sirotkin ao ser anunciado. “Temos pilotos fora de série e carros excelentes com os quais, tenho certeza, vamos poder brigar por vitórias, até mesmo nas 24 Horas de Le Mans”, continuou.
 
Antes de ser trocado por Robert Kubica na Williams, Sirotkin adotou o discurso de foco total na F1. Derrotado na briga com o polonês, Sergey se viu sem espaço no grid para 2019. O resultado foi a busca por um novo rumo: ainda em janeiro, o piloto apareceu nos testes de novatos da Fórmula E em Marrakech, representando a Mahindra.
 
A próxima etapa da temporada do Mundial de Endurance, as 1000 Milhas de Sebring, acontece no dia 15 de março.